Dona Dadi, A Calungueira Do Sertão

 

SINOPSE

O documentário “Dona Dadi, a calunguiera do sertão” é uma homenagem a primeira mulher a brincar com João Redondo no Rio Grande do Norte. Poesia, música, depoimentos e cenas com bonecos compõem uma narrativa artística que traça a trajetória de vida e luta desta mulher ímpar no cenário da cultura popular potiguar, nordestina e brasileira. Dona Dani ensinou e inspirou brincantes de todas as idades, sobretudo mulheres que continuam o seu legado nos sertões seridoenses.
 

FICHA TÉCNICA

– Roteiro e Direção: Lourival Andrade
– Elenco: Maria Alice, Lourdinha Medeiros, Aline Muniz, Iany Alves, Adriana Nascimento e Julia Medeiros
– Entrevistados: Ronaldo Gomes, André Carrico, Ricardo Guti, Emanoel Bonequeiro, Lourdinha Medeiros, Catarina Calungueira, Raul dos Mamulengos, Mané do Fole, Mané de Dadica, Dedé Carnaúba, José Jailton Dantas e Zildalte Ramos de Macêdo.
– Manipulação dos bonecos: Emanuel Bonequeiro
– Auxiliar de direção e de câmera: Alexandre Muniz
– Montagem/Edição: Dillo Tenório
– Direção de Arte: Custódio Jacinto
– Som Direto: Pedro Andrade
– Produção Executiva: Tatiane Fernandes
– Diretor de Fotografia: Lourival Andrade
– Colorização: André Duarte
– Câmera: Zezinho Vídeo
– Canções Originais: Caru Fernandes
– Execução das canções originais: Grupo Regional SerTão Matuto
– Música de abertura: Royal Cinema – Tonheca Dantas (Domínio público) – Executada pela Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte

Previsão de estreia: Dezembro/2021.

O documentário realizado com recursos do Edital Nº 004/2021 – PROJETO POTI-CULTURAL SESC 2021 – linha “FomentoAudiovisual” – SESC AR/RN.